sexta-feira, 9 de julho de 2010

Os 6 meses da Antônia e Minha nada fácil vida

Não tem sido muito possível postar todas as novidades já que essa minha vida anda praticamente impossível. Antônia deveria entrar na creche na segunda feira, dia 12, mas adiamos este passo por questões financeiras. Trabalhar de casa teve suas vantagens durante a gravidez, mas hoje tem sido um impeditivo agoaniante. A cada chorinho, cada sorriso, cada minuto que vejo impaciência nos olhos da empregada me tiram da cadeira e quando vejo, lá estou eu, com ela no meu colo a fazer carinhos, fofurinhas e cheirinhos.
Se ela não vai para a creche, não posso pegar novos projetos. Se não assumo novos trabalhos, não posso mandá-la para a creche. Dilema irresolvível.
Neste meio tempo, meu pai está hospitalizado, acompanhado pela minha mãe que tanto me tranuiliza nestes tempos difíceis.
No início desta semana estivemos no pediatra para a consulta dos 6 meses. Antônia está ótima de peso e o meu leite que deve ser concentrado, condensado e delicioso ( não, não sou nada modesta quanto a isso...) a manteve saudável e livre de doenças complicadas durante os primeiros 6 meses de vida. Esta terça feira, dia 7 de julho Antônia fez sua estréia pelo mundo dos sabores e come uma banana por dia. Como não podia ser diferente, come toda, e lambe os beiços. Ontem deu tchau pela primeira vez e faz seus primeiros cocôs pastosos e menos amarelados. Anda por aí de chiquinha no cabelo, levantando as saias e sorrindo pro mundo. Me orgulham suas bochechas rosadas, os olhos cinzentos, as pernas gorduchas e tanta saúde. Me amedronta sua esperteza, curiosidade e crescimento. Me espanta a paixão do Pedro pela menininha. Me desgasta o ciúme do João. Minha vida em um post objetivo, com 2 minutos de duração e sem revisão de qualquer espécie.
For the record: Peso: 7.5 Kg. Estatura 66cm

Um comentário:

Nanda disse...

Bia,
Virei sua seguidora! Estão de parabéns pelo blog. Bem escrito, cheio de sentimento e rico em informações. Uma aula de maternidade / paternidade e afeto!